Visitas

quarta-feira, 11 de novembro de 2009
























O 4º Ciclo está trabalhando na reformulação da programação deste blog.

Confiram em breve nosso conteúdo atualizado!!

Até breve!

domingo, 1 de novembro de 2009

4ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul

Seis dias de exibições de longas e curtas-metragens inspirados na temática humanitária, no Cinema da Fundação e no Teatro do Parque. Desta sexta (30) até a próxima quinta-feira (5), as luzes se apagarão para a 4ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul. A sessão de abertura terá a exibição de uns dos destaques da programação deste ano, o longa Histórias de Direitos Humanos. São 22 episódios de três minutos cada, assinados pelo argentino Pablo Trapero, o chinês Jia Zhang Ke, o tailandês Apichatpong Weerasethakul e o realizador de Burkina Faso Idrissa Ouédraogo, além da dupla brasileira Walter Salles e Daniela Thomas. A grade prevê ainda duas sessões de audiodescrição para o público com deficiência visual.

Inspirada pelo mote Iguais na Diferença, também estarão em cartaz, na Retrospectiva Histórica, produções realizadas de 1949 a 1998, destacando nomes expressivos da cinematografia sulamericana. É o caso do chileno Raúl Ruiz, de O Realismo Socialista (1973) e do peruano Francisco J. Lombardi, autor do sucesso Não Conte a Ninguém (1998). Dois longas-metragens brasileiros entram na programação: Crueldade Mortal (Luiz Paulino dos Santos, 1976), com brilhante atuação de Joffre Soares, e Também Somos Irmãos (José Carlos Burle, 1949), com elenco liderado por Grande Otelo, considerado o filme mais importante sobre a questão racial feito no Brasil.



Além do Recife, outras 15 cidades recebem a mostra: São Paulo, Rio de Janeiro, Natal, Belo Horizonte, Porto Alegre, Teresina, Fortaleza, Rio Branco, Belém, Maceió, Brasília, Manaus, Curitiba, Goiânia e Salvador. Em todas as capitais acontecem sessões com audiodescrição e closed caption. A 4ª Mostra Cinema e Direitos Humanos ainda vai premiar as obras mais votadas pelo público com o Prêmio Aquisição TV Brasil, nas categorias longa, média e curta-metragem. A programação tem curadoria do cineasta e curador Francisco Cesar Filho.



Confira a programação de hoje em diante:



DOMINGO (1º)

Cinema da Fundação Joaquim Nabuco - 14h

TRAGO COMIGO – Parte 1 (capítulos 1 e 2) - Tata Amaral (Brasil, 96 min, 2009, doc/fic). 16 anos

16h

TRAGO COMIGO – Parte 2 (capítulos 3 e 4) - Tata Amaral (Brasil, 96 min, 2009, doc/fic). 16 anos

18h

BAGATELA – A NECESSIDADE TEM CARA DE CACHORRO - Jorge Caballero (Colômbia / Espanha, 74 min, 2008, doc)

MENINO ARANHA - Mariana Lacerda (Brasil, 13 min, 2008, doc)

MENINOS - Gonzalo Rodríguez Fábregas (Uruguai, 14 min, 2008, doc)

Classificação indicativa: 12 anos

20h

ENTRE A LUZ E A SOMBRA - Luciana Burlamaqui (Brasil, 150 min, 2007, doc). 16 anos

SEGUNDA (2)

Cinema da Fundação Joaquim Nabuco

14h

MOKOI TEKOÁ PETEI JEGUATÁ – DUAS ALDEIAS, UMA CAMINHADA - Arial Duarte Ortega, Germano Beñites, Jorge Morinico (Brasil, 63 min, 2008, doc)

DE VOLTA À TERRA BOA - Mari Corrêa, Vincent Carelli (Brasil, 21 min, 2008, doc)

PRÎARA JÕ, DEPOIS DO OVO, A GUERRA - Komoi Paraná (Brasil, 15 min, 2008, doc)

Classificação indicativa: livre

16h

NUNCA MAIS!!! COCHABAMBA, 11 DE JANEIRO DE 2007 - Roberto Alem (Bolívia, 52 min, 2007, doc)

DAYUMA NUNCA MAIS - Roberto Aguirre Andrade (Equador, 30 min, 2008, doc)

Classificação indicativa: livre

18h

SENTIDOS À FLOR DA PELE - Evaldo Mocarzel (Brasil, 80 min, 2008, doc)

PUGILE - Danilo Solferini (Brasil, 21 min, 2007, fic)

Classificação indicativa: livre


20h – Audiodescrição

NÃO CONTE A NINGUÉM - Francisco J. Lombardi (Peru / Espanha, 120 min, 1998, fic)

* Sessão com audiodescrição para público com deficiência visual

Classificação indicativa: 18 anos



Teatro do Parque

14h

O SIGNO DA CIDADE - Carlos Alberto Riccelli (Brasil, 96 min, 2007, fic)

OS SAPATOS DE ARISTEU - René Guerra (Brasil, 17 min, 2008, fic)

Classificação indicativa: 16 anos

16h

TAMBORES DE ÁGUA: UM ENCONTRO ANCESTRAL - Clarissa Duque (Venezuela / Camarões, 75 min, 2008, doc)

ALÉM DE CAFÉ, PETRÓLEO E DIAMANTES - Marcelo Trotta (Brasil, 15 min, 2007, doc)

TARABATARA - Julia Zakia (Brasil, 23 min, 2007, doc)

Classificação indicativa: livre

TERÇA-FEIRA (3)

Cinema da Fundação Joaquim Nabuco

14h

YÃKWÁ, O BANQUETE DOS ESPÍRITOS - Virgínia Valadão (Brasil, 54 min, 1995, doc)

A ARCA DOS ZO’É - Dominique Tilkin Gallois, Vincent Carelli (Brasil, 22 min, 1993, doc)

O ESPÍRITO DA TV - Vincent Carelli (Brasil, 18 min, 1990, doc)

Classificação indicativa: livre

16h

TAMBÉM SOMOS IRMÃOS - José Carlos Burle (Brasil, 85 min, 1949, fic)

Classificação indicativa: livre

18h

À MARGEM DO LIXO - Evaldo Mocarzel (Brasil, 84 min, 2008, doc)

Classificação indicativa: livre

20h

GARAPA - José Padilha (Brasil, 110 min, 2008, doc)

Classificação indicativa: 12 anos

Teatro do Parque

14h

SENTIDOS À FLOR DA PELE - Evaldo Mocarzel (Brasil, 80 min, 2008, doc)

PUGILE - Danilo Solferini (Brasil, 21 min, 2007, fic)

Classificação indicativa: livre



quarta-feira, 28 de outubro de 2009

CQQ - Curta no Quarto às Quartas

Todas às quartas O 4º Ciclo disponibilizará um curta nacional para exibição em nosso blog. É o “CQQ - Curta no Quarto às Quartas”. Nosso objetivo é divulgar a produção de curtas nacionais, a fim de popularizar ainda mais o formato e gerar o debate sobre as produções. Hoje exibiremos Françoise,do diretor mineiro Rafael Conde. O Filme tem no elenco Débora Falabella (novinha!!), Fernando Ernest, Rogério Falabella.
Acompanhem nossas postagens semanais e , por favor, deixem suas impressões sobre o filme para que possamos debater. Fiquem à vontade também para sugerir titulos a serem exibidos e discutidos.

Mais uma joinha tupiniquim!



Françoise

Gênero: Ficção
Diretor: Rafael Conde
Elenco: Débora Falabella, Fernando Ernest, Rogério Falabella
Ano: 2001
Duração: 21 min
Cor: Colorido
Bitola: 35mm
País: Brasil
Local de Produção: MG

Sinopse

Uma garota chamada Françoise. Um viajante esperando a partida. O encontro entre dois solitários numa estação rodoviária.


segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Nós Pós no Quartas Literárias - Aniversário parte 1



O grupo Nós Pós inicia suas comemorações de aniversário de 2 anos de trabalhos culturais com um dinâmico evento dentro do Quartas Literárias, no Centro Luiz Freire em Olinda no dia 28/10/09 a partir das 19h, com entrada franca.

O grupo Nós Pós iniciou seus trabalhos de produção cultural com foco na divulgação de novos escritores em outubro de 2007. De lá para cá fez vitrine para mais de 120 artistas (entre escritores, atores, músicos, performers, artistas visuais, videomakers) pernambucanos e de outros estados, agitando a cena cultural em Pernambuco de tal forma a ganhar proporções de Movimento Literário. “O Nós Pós é o movimento cultural mais revolucionário da atualidade em Pernambuco”, afirmou em várias oportunidades Alexandre Santos, presidente da UBE-PE.

O cronograma de comemorações se inicia com versátil evento dentro do projeto Quartas Literárias (coordenado pela escritora Silvana Menezes), do Centro de Cultura Luiz Freire. A programação se inicia com mostra de vídeos da produtora Sete Filmes, atraves do selo O 4º Ciclo (composta pelos produtores Alexandre Melo e Alberto Rio e pelos videomakers Alex Guterres, Cléber Amorim e Waston Ferreira), e segue com a apresentação e participação do Dremelgas Literárias, grupo que procura inovar as apresentações literárias, quebrando a mesmice e unindo as artes, seguido do poeta lúdico Carlo e do poeta e artista plástico Israel Lira. Na segunda parte do evento haverá apresentação do grupo TAO - Teatro de Amadores de Olinda. Depois o microfone será aberto para recitação e a programação se encerra com apresentação do grupo Allem Jerônimo e a Rave de Raiz, com composições regionais que procuram resgatar nossos ritmos: o xote, coco, ciranda, samba, cavalo marinho, bossa nordestina, frevo e outros. Durante o evento haverá exposição da fotógrafa Silvia Rangel e mesa para exposição e venda de livros e produtos culturais.

A seqüencia do cronograma de eventos comemorativos dos 2 anos do Nós Pós será divulgada em breve pelo grupo: “estamos preparando uma programação bem variada e dinâmica para este final de ano e início de 2010” adianta Alexandre Melo, um dos produtores do Nós Pós. ”A melhor maneira de retribuir a aprovação que sempre recebemos por parte do público é oferecendo eventos de qualidade com garantia de entretenimento enriquecedor, honesto e sem soberba”, completa Alexandre.

A festa de abertura das comemorações começa às 19h, no Centro Luiz Freire, dentro do projeto Quartas Literárias e entrada é gratuita.


SERVIÇO:
Aniversário do Nós Pós – Português Suave
No projeto Quartas Literárias – Centro Luiz Freire
Rua Vinte e Sete de Janeiro, 181 – Carmo – Olinda
Entrada franca


Contatos:
(81) 8711 3581 Alexandre Melo
alexandremelo@nospos.org
nospos@gmail.com

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

CQQ -Curta no Quarto às Quartas

Todas às quartas O 4º Ciclo disponibilizará um curta nacional para exibição em nosso blog. É o “CQQ - Curta no Quarto às Quartas”. Nosso objetivo é divulgar a produção de curtas nacionais, a fim de popularizar ainda mais o formato e gerar o debate sobre as produções. Hoje exibiremos o "Tragicômico'' A Sauna, do Carioca Marco Abujanra.
Acompanhem nossas postagens semanais e , por favor, deixem suas impressões sobre o filme para que possamos debater. Fiquem à vontade também para sugerir titulos a serem exibidos e discutidos.



A Sauna

Um pai de família não resiste a tentação e trai sua mulher. O problema é que ele não esperava que aquela noite de dor e prazer pudesse mudar todo o rumo de sua vida.


Gênero - Ficção, Conteúdo Adulto
Diretor - Marco Abujamra
Elenco - Bruce Gomlevsky, Expedito Barreira, Fernanda Bond, Pedro Gomlevsky, Samir Abujamra, Thaís Tedesco, Yasmim Gomlevsky
Ano - 2003
Duração - 15 min
Cor - Colorido
Bitola - 16mm
País - Brasil
Local de Produção - RJ


Bom Filme!!


terça-feira, 13 de outubro de 2009

Confira programação completa do Festival de Circo

Os franceses brilharão sob as lonas imaginárias da quinta edição do Festival de Circo do Brasil. Até o próximo dia 18, seis atrações da França, e outras onze do Brasil, invadirão os teatros de Santa Isabel e Guararapes, além das praças, parques e aranha-céus da cidade. São artistas, grupos e solistas, como o grupo pelotense Tholl, O Teatro Mágico, os franceses da Matapeste e o Palavra Cantada. Os edifícios da Avenida Conde da Boa Vista serão tomados pelo Acrobático Fratelli.
O circo mais tradicional também tem vez na programação da Praça do Arsenal da Marinha, no Bairro do Recife. Sob uma grande lona, em pleno Dia das Crianças, uma programação especial com a Banda Gigante (SP), o Trio Zindare (FR) e o Cirkologiom (FR). Até sexta-feira (16), o picadeiro da Praça do Arsenal recebe apresentações de palhaços e do Circo Vox. Depois, as apresentações darão espaço a uma série de equipamentos, como cama elástica, arame, diábolos e malabares, que poderão ser utilizados livremente pelo público. Os parques 13 de Maio e da Jaqueira também recebem atrações. Confira.


Terça-feira (13)

20h - Praça do Arsenal - Palco Coberto

Pelo Cano (SP)

Quarta-feira (14)

20h - Praça do Arsenal - Palco Coberto

Jogando no Quintal (SP)

Quinta-feira (15)

18h - Praça do Arsenal - Palco Coberto

Lançamento de filme "Dossiê Escola Nacional de Circo: 25 Anos de Pedagogia no Picadeiro"

Lançamento do livro "Circo Social no Brasil (Catálogo da Rede Circo no Mundo Brasil)

Apresentação de Jogando no Quintal (SP)

Sexta (16)

20h - Praça do Arsenal - Palco Coberto

Zindare (FR)

Circo Vox - ADULTO (SP)

Sábado (17)

15h - Praça do Arsenal - Rua

Vivências circenses

16h - Praça do Arsenal - Palco Coberto

Zindare (FR)

17h30 - Praça do Arsenal - Palco Aberto

CircologioM (FR)

Triskel (FR)

20h30 - Praça do Arsenal - Palco Coberto

Circo Vox ADULTO (SP)

Domingo (18)

15h - Praça do Arsenal - Rua

Vivências circenses

16h - Praça do Arsenal - Palco Coberto
Zindare (FR)

Circo Vox INFANTIL (SP)

17h - Teatro Guararapes

Tholl (RS)

17h - Praça do Arsenal - Palco Aberto

CirkologioM (FR)

Triskel (FR)

Da redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

CQQ - Curta no Quarto às Quartas!

A partir de hoje, todas às quartas, O 4º Ciclo disponibilizará um curta nacional para exibição em nosso blog. É o “CQQ - Curta no Quarto às Quartas”. Nosso objetivo é divulgar a produção de curtas nacionais, a fim de popularizar ainda mais o formato e gerar o debate sobre as produções.
Para a estreia escolhemos o aclamado curta do gaúcho Jorge Furtado, Ilha das Flores. Acompanhem nossas postagens semanais e , por favor, deixem suas impressões sobre o filme para que possamos debater. Fiquem à vontade também para sugerir títulos a serem exibidos e discutidos.

Esperamos que curtam nossa primeira joinha tupiniquim!
_______________________________________________________________________

Ilha das Flores

Gênero: Documentário, Experimental
Diretor: Jorge Furtado
Ano: 1989
Duração: 13 min
Cor: Colorido
Bitola: 35mm
País: Brasil
Local de Produção: RS

Sinopse:

Um ácido e divertido retrato da mecânica da sociedade de consumo. Acompanhando a trajetória de um simples tomate, desde a plantação até ser jogado fora, o curta escancara o processo de geração de riqueza e as desigualdades que surgem no meio do caminho.




sábado, 3 de outubro de 2009

Assista a nossa nova vinheta promocional.

video

Produção: O 4º Ciclo
Direção e Montagem: Alex Guterres
Fotografia: Alex Guterers e Cleber Amorim

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Sexta Sim, Sexta Não promove a festa de lançamento do 4º Ciclo.

O Ponto de Cultura Coletivo Refazendo está de volta com mais uma edição do Sexta Sim, Sexta Não. No dia 02 de outubro o evento promove o lançamento da produtora O 4º Ciclo. Dentro da programação diversificada os Sacripantas e o Sabiá Sensível trazem música para o nosso democrático quintal. A poesia vai ser representada pelo Nós Pós, grupo que desenvolve projeto de divulgação da literatura e manifestações artísticas de Pernambuco, na tentativa de fortalecer a cultura do nosso Estado. O Sexta Sim conta ainda com a participação da fotografa Sílvia Rangel que, mais uma vez, faz uma mostra do seu trabalho desenvolvido na Europa. O Sexta Sim, Sexta Não começa a partir das 18h no pátio da ADUSEPS e tem entrada franca. O evento promete outras surpresas.
ADUSEPS - Rua Henrique Dias, 145. Boa Vista.
Informações:
Sobre o Sexta Sim - Artur Oscar (81) 8678 9056
Sobre o Nós Pós - Alexandre Melo (81) 8711 3581
Sobre O 4º Ciclo - Alex Guterres (81) 8697 0456

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Bienal do Livro de Pernambuco deve levar 550 mil leitores ao Centro de Convenções

O porteño Federico Andahazi, o chileno Alberto Fuguet, o cubano Juan Pedro Gutiérrez e a italiana Ítala Vivan, além dos brasileiros Daniel Galera, Marcelino Freire, Nina Lemos, Alberto Mussa, Ronaldo Correia de Brito, Fernando Gabeira, Salim Miguel, Geneton Moraes Neto, Manoel da Costa Pinto, Marçal Aquino, Fernando Monteiro e Luzilá Gonçalves. Estes são alguns dos nomes de escritores que já confirmaram presença na Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, que acontece de 2 a 12 de outubro, sempre das 10h às 22h, com entrada gratuita. São esperadas cerca de 60 mil visitantes por dia de evento.
A 7ª edição do festival literário levará ao pavilhão de exposições do Centro de Convenções de Pernambuco (Olinda), 260 estandes, oficinas literárias, apresentações de teatro, interpretação textual, palestras, debates e muitos lançamentos. O tema deste ano é “Literatura do princípio ao fim”. Na programação, apresentada oficialmente na manhã desta terça-feira (15), os homenageados são o escritor Raimundo Carrero, considerado um dos grandes nomes da literatura pernambucana, e o jornalista e secretário de Imprensa do Governo de Pernambuco, Evaldo Costa, que foi organizador da primeira Bienal do Livro de Pernambuco há 14 anos.
O troféu, criado pela designer pernambucana Joana Lira, será entregue por Ariano Suassuna e Rossini Bandeira, na abertura oficial do evento. Os onze dias de feira devem levar mais de 550 mil leitores ao Centro de Convenções. “Para este ano, esperamos superar os números da última feira, quando foram comercializados mais de 600 mil livros, gerando uma receita de R$ 12 milhões e uma geração de 2.500 empregos temporários”, lembra Rogério Robalinho, empreendedor da Bienal. Foram investidos em 2009 nada menos que R$ 2 milhões. A programação é coordenada pelo jornalista e escritor Homero Fonseca e pelo poeta, tradutor e ensaísta Delmo Montenegro. O patrocinador é da Petrobrás.Confira a programação completa clicando aqui

Da Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR
Delmo Montenegro fala sobre a Bienal do livro de Pernambuco.
video

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Girafa-Estrada-Cachaça. Experiências em stop motion.

Essa é a história de Pipa, um matuto do sertão de Pernambuco, que segue o conselho de um duende Irlandês e para fugir da girafa d'angola, caminha até os pés da Torre Eiffel movido a cachaça aditivada. O filme todo feito em stop motion é livremente inspirado nos causos da literatura de cordel. É a primeira de muitas experiências com animação a serem produzidas pelo 4º Ciclo.

Girafa-Estrada-Cachaça.

video

Roteiro-Direção- Fotografia-Montagem: Alex Guterres

Estrelando: Pipa, O matuto - Duende irlandês - Girafa d'angola.

Produção: O 4º Ciclo- Comunicação Multimídia

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Vinil Voltando a toda!

video

____________________________________________________________________

É uma tendência mundial. Os novos aparelhos de som estão sendo fabricados com a função “toca discos”. A procura pelo vinil tem aumentado no mundo todo e a indústria fonográfica vem apostando no formato. É uma boa nova para os amantes do bom e velho disco de vinil!

Confira o vídeo divulgado pelo JC Online.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Spa das artes divulga selecionados.

A lista dos 14 projetos selecionados para as bolsas de incentivo do Spa das Artes foi divulgada pela Prefeitura da Cidade do Recife. Foram 89 projetos inscritos por artistas de todo país, além de Chile e Argentina, contemplados com bolsas. Os escolhidos são de Pernambuco, Bahia, Ceará, Paraíba, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. O Spa das Artes, evento que objetiva fomentar as artes plásticas, será realizado entre os dias 13 e 19 de setembro, em vários pontos da capital.

Confira a lista completa

1 - A Casa como Convém – de Cristiano Lenhardt, Silvan Kalin e Jonathas de Andrade (Recife / PE)

2 - Ambulante – de Breno Silva e Louise Ganz (Belo Horizonte / MG)

3 – Veneza Brasileira – de Bruno Faria (Belo Horizonte / MG)

4 - Na aba do meu chapéu – de Carolina Érika Santos (Salvador / BA)

5 - Projeto sem título de Clarissa Campello Ramos (Vitória / ES)

6 – Piratão, do Coletivo Filé de Peixe (Rio de Janeiro / RJ)

7 – Inventário, de Cris Soares (Fortaleza / CE)

8 - Não adianta esfregar os olhos – de Diego de Santos (Caucaia / CE)

9 – CROMA – de Júlio Leite (Campina Grande / PB)

10 - Desvio para o Branco/ Ação 1 – Guerrilha – de Katalina Leão (Recife / PE)

11 - Um Eu Todo Encoberto - de Maíra Ortins (Fortaleza / CE)

12- Vídeoimagens em movimento - de Paulo Miyada (São Paulo / SP)

13 - Membranas do Mundo: ressonâncias visuais - de Vânia Sommermeyer (Novo Amburgo / RS)

14 – Brinde - de Wonder Wallace (Recife / PE)

terça-feira, 1 de setembro de 2009

MIMO - Programa 2009.

Cursos, oficinas e wokshops dão início a Mostra Internacional de Música em Olinda (Mimo) nesta terça (1º). A chamada Etapa Educativa, coordenadas pela violinista Ana de Oliveira, spalla da Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB), em parceria com o maestro Caio Cezar, violonista do Trio de Câmara Brasileiro, é descentralizada e acontece desde o Teatro de Santa Isabel, no Recife, até no Convento de São Francisco, em Olinda.



A partir da quarta-feira (2), a Mimo estará em João Pessoa, na Paraíba, e na quinta (3), volta a Pernambuco. Veja a grade abaixo e programe-se.



Mais de 900 músicos, entre alunos ouvintes e executantes, integrarão curso de regência, oficinas de formação de orquestras, master classes e workshops com professores como Isaac Karabtchevsky, à frente do curso de Regência, e Cesar Camargo Mariano, em um dos wokrshops. Nomes como Luiz de Moura Castro, os russos do St. Petersburg String Quartet e os integrantes do Art Metal Quinteto estarão à frente das Master Classes.
Cerca de 90% dos participantes são de Pernambuco, mas há inscritos da Paraíba, de Alagoas, do Rio de Janeiro, de São Paulo, de Minas Gerais, do Rio Grande do Sul e do Acre. Estudantes de oito escolas da rede pública de Olinda participarão da Mimo para iniciantes. A ideia é despertar o interesse para educação musical.
Durante a Etapa Educativa, uma homenagem ao Maestro Duda, o compositor residente da mostra. A extensa obra do pernambucano será estudada nas oficinas de formação de orquestra e executada no concerto final da Etapa Educativa, pela Orquestra Mimo (formada por músicos participantes das oficinas). A grade das aulas, na íntegra, está no site da Mimo.

Confira a programação das apresentações e dos filmes, que seguem até segunda (7)


Quarta (2)
20h30 - Didier Lockwood e
Ricardo Herz, com participação do Quinteto da Paraíba - Convento de São Francisco (João Pessoa)

Quinta (3)
18h - Fernando Sodré - Igreja de São Francisco (Olinda)
19h - Art Metal Quinteto - Igreja do Rosário dos Homens Pretos (Olinda)
20h30 - Didier Lockwood e Ricardo Herz - Igreja da Sé (Olinda) - Participação especial de Siba, Antonio Nóbrega, Renata Rosa e Seu Luiz Paixão.

Filmes
18h30 - Orquestra dos meninos, de Paulo Tiago - Pátio da Igreja da Sé (Olinda)

Sexta (4)
17h - Duo Milewski Ordem Terceira do Carmo (Recife)
18h - St. Petersburg String Quartet Igreja de São Bento (Olinda)
18h30 - Trio de Câmara Brasileiro Igreja de São Francisco
19h - Toninho Horta Igreja do Seminário (Olinda)
20h30 - Orquestra Sinfônica de Barra Mansa e Luiz de Moura Castro Igreja da Sé (Olinda)

Filmes
18h - Nós somos um poema, de Sérgio Sbragia e Beth Formaggini - Igreja do Seminário (Olinda)
18h30 - Música é perfume, de Georges Gachot - Pátio da Igreja da Sé (Olinda)

Sábado (5)
17h - St. Petersburg String Quartet e Luiz de Moura Castro - Basílica do Carmo (Recife)
18h - Sopro Brasil - Igreja do Rosário dos Homens Pretos (Olinda)
19h - Antonio Nóbrega e Orquestra Retratos do Nordeste - Igreja do Seminário (Olinda)
21h30 - Buena Vista Social Club Stars - Praça do Carmo (Olinda)

Filmes
18h - Raphael Rabello, de Lara Velho e Monica Camargo - Igreja do Seminário (Olinda)
18h30 - Um homem de moral, de Ricardo Oliveira - Pátio da Igreja da Sé (Olinda)

Domingo (6)
11h30 - Orquestra MIMO - Igreja da Sé (Olinda)
16h - Encontros (apresentações livres) - Coreto da Praça do Carmo (Olinda)
17h - Orquestra Sinfônica do Recife e Isaac Karabtchevsky - Basílica do Carmo (Recife)
18h30 - Joana Boechat - Igreja de São Francisco (Olinda)
19h - Jam da Silva - Igreja do Seminário (Olinda)
20h30 - Gonzalo Rubalcaba, David Linx e Sérgio Krakowski - Igreja da Sé (Olinda)

Filmes
18h - No tempo de Miltinho, de André Weller - Igreja do Seminário (Olinda)
18h30 - Simonal - ninguém sabe o duro que dei, de Claudio Manoel, Micael Langer e Calvito Leal - Pátio da Igreja da Sé (Olinda)

Segunda (7)
11h30 - OSBM - Encerramento do Curso de Regência Igreja da Sé (Olinda)
16h - Grande Cia. Brasileira da Mystérios e Novidades Praça do Carmo (Olinda)
18h - Quarteto Radamés Gnattali Igreja de São Pedro (Olinda)
19h - Cesar Camargo Mariano Igreja do Seminário (Olinda)
20h30 - Hermeto Pascoal e Grupo Igreja da Sé

Filmes
18h - Quebrando tudo, de Rodrigo Hinrichsen Igreja do Seminário (Olinda)
18h30 - Palavra (En) cantada, de Helena Solberg Pátio da Igreja da Sé (Olinda)

Da Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

PARCERIA NÓS PÓS/FAFIRE NO CAFÉ CULTURAL


O grupo de produção Nós Pós – Português Suave fecha parceria com a FAFIRE para a edição do dia 31 de agosto do Café Cultural, que será realizada no Espaço Pasárgada (Rua da União, 263 - Boa Vista), a partir das 17h.

O tema desta edição será "Uma prosa entre versos: Joaquim Cardozo, Mauro Mota e Mário Sette". Entre os debatedores, os escritores Luzilá Gonçalves e Everardo Norões e o professor Alexandre Furtado, coordenador e mediador do Café. O grupo Nós Pós preparou uma intervenção especial para este evento: o poeta Jorge, juntamente com o músico Arielson, fará performance de improviso relacionando-a a texto de Mário Sette; a escritora Renata Santana (finalista do Recitata 2009) fará performance de textos autorais, da escritora Luzilá Gonçalves e de Mauro Mota; o escritor Diogo Testa (um dos vencedores do Recitata 2009) apresentará textos autorais e do debatedor Everardo Norões e do homenageado Joaquim Cardozo. Ana Maria Pereira, escritora e uma das produtoras do Nós Pós, apresentará seus textos acompanhada da escritora e violoncelista Josi Guimarães e também fará performance de texto de Alexandre Furtado, mediador e coordenador do Café, juntamente com Danuza Montenegro (também membro da produção Nós Pós).

A parceria Nós Pós/FAFIRE é mais uma ótima realização voltada para o desenvolvimento e preservação da cultura pernambucana.


SERVIÇO:

Café Cultural FAFIRE com participação do projeto Nós Pós – Português Suave
Espaço Pasárgada (Rua da União, 263 - Boa Vista
31 de Agosto - A partir das 17h
Grátis
_______________________________________________________

Para quem não conhece o Nós Pós aí vai um aperitivo.

Nós Pós - Melhores Momentos de 2008

Por Alex Guterres

video

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

In-Margem Nº 2: Sorry, I pushed the crab and it fell down


In-Margem Nº 2:

Sorry, I pushed the crab and it fell down (Desculpe, eu empurrei o caranguejo e ele caiu) é o nome da mais recente performance do artista contemporâneo Biagio. O trabalho consiste em assumir a ação dos vândalos que, em meados desse mês de agosto, derrubaram a estátua de Chico Science que ficava na Rua da Moeda, Recife Antigo, diante do bar Novo Pina, provocando na peça do artista plástico Demetrio Albuquerque rachaduras de 0,5m. A ação ocorreu justo na semana em que o Manguebeat foi elevado pela Assembléia Legislativa do Estado à condição de Patrimônio Cultural Imaterial, e provocou a indignação de todos aqueles que zelam pela ordem pública e, sobretudo, daqueles que têm por Chico Science e pelo Movimento Mangue uma admiração febril.

Sorry, I pushed the crab and it fell down é a segunda performance de Biagio em sua série In-Margens, que tem como foco de ação o Rio Capibaribe, sua dimensão geográfica, estética e ecológica. Segundo o artista, este trabalho mostra o quanto entende por “Capibaribe”, mais que simplesmente o rio, mas o rio como metáfora para tudo aquilo que identifica culturalmente o Recife e automaticamente exclui do Recife aquilo que não é tipicamente do Recife. Dessa vez, Biagio investe numa linha mais conceitual, um típico ready-made, distanciando-se bastante de sua
In-Margem Nº 1, Lunatic: you are not here, quando caminhou ao longo da Av. Guararapes vestido de astronauta em referência ao quadragésimo aniversário da chegada do homem à lua e fincou na lama da Bacia do Pina uma bandeira com a imagem do satélite. Neste novo trabalho, além de “assinar” a ação dos vândalos e conceituá-la artisticamente, Biagio dará continuidade a ela promovendo, nesta quinta-feira, às 18h, no mesmo local onde ficava a estátua, um ritual de confissão e autopunição aberto ao público (que poderá interagir com o performer alimentando-o com pão e água). “Para mim, o baque de Chico é a justa derrubada de um ícone da cultura, e isso não pode ser atravessado sem culpa e religiosidade. Sinto-me profundamente culpado em ter assassinado o pai da horda.” A performance ainda inclui o “suicídio virtual” de Biagio — envergonhado pelo que fez, o artista encerrará nesta mesma noite sua conta no orkut, que existe desde janeiro de 2005.

Como produto final, Biagio lançará ainda esse ano uma série de cartões postais da cidade do Recife, com imagens de caranguejos assassinados. Com Sorry, I pushed the crab and it fell down, o artista escreve o prólogo de novos ventos na cultura pernambucana: “os ventos da institucionalização do manguebeat, da superação do movimento e da diluição dos elementos típicos do Recife numa arte verdadeiramente global.”



In-Margem Nº 2: Sorry, I pushed the crab and it fell down
Quem: Biagio e “os vândalos”.
Quando: dia 27 de agosto (quinta-feira), às 18h.

Onde: Rua da Moeda, Recife Antigo.

Quanto: aberto ao público.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Festival Estudantil volta ao Apolo

O palco do Teatro Apolo volta a receber diversos espetáculos a partir desta quarta

Depois de um final de semana de dança no Teatro do Parque, o 7º Festival Estudantil de Teatro e Dança volta ao palco do Apolo, no Bairro do Recife, a partir desta quarta-feira (26). Reabrem a temporada, os espetáculos O Voo do Cavalo do Cão, do Grupo Teatral Ariano Suassuna, de Igarassú, e Qual Sua História, Maria? Qual Seu Sonho, José? (foto), do Grupo Zum, Zum, Zum Danado. Os ingressos custam R$ 5.




Confira a programação do Teatro Apolo


26 de agosto

O Voo do Cavalo do Cão – 18h30
Texto: Racine Santos. Direção: André Ramos e Albanita Almeida. Realização: Grupo Teatral Ariano Suassuna e Escola Santos Cosme e Damião (Igarassu).

Qual Sua História, Maria? Qual Seu Sonho, José? – 20h30
Texto: Romário Henrique e Grupo Zum, Zum, Zum Danado. Direção: Romário Henrique. Realização: Grupo Zum, Zum, Zum Danado e ONG Geração Futuro (Lagoa de Itaenga).

27 de agosto – 18h30

DEclaro!
Texto: David Ives. Adaptação e direção: Inaê Veríssimo. Realização: Hipérion Escola de Arte (Recife).

Cinema Mudo – 20h30
Roteiro e direção: Gabriela Cabral. Realização: Grupo de Teatro Macambira e Academia Santa Gertrudes (Olinda).

28 de agosto

Vestido de Noiva – 18h30
Texto: Nelson Rodrigues. Direção: Taveira Júnior. Realização: Grupo de Teatro da Aliança Francesa (Recife).

Por Onde Andas Longe de Mim? Ou A Caverna é Escura Demais – 20h30
Texto e direção: Ivan Ferreira. Realização: Grupo de Iniciação Teatral Arteiros e Colégio Conhecer (Recife).

29 de agosto

O Pequenino Grão de Areia – 16h
Texto: João Falcão. Direção: Sílvio Pinto. Realização: Grupo Recanto de Teatro e Escola Recanto (Recife).

A Estranha Fórmula do Doutor Rugga – 18h30
Texto: Carlos Janduy. Direção: Sandra Albino. Realização: Grupo Diocesano de Artes e Colégio Diocesano (Garanhuns).

Mais Um Tiquim de Nós – 20h30
Texto e direção: Carlos Janduy. Realização: Grupo Cênico Emanuel Tenório de Holanda e Colégio Diocesano (Garanhuns).

30 de agosto

O Pequeno Grão de Areia – 16h
Texto: João Falcão. Adaptação e direção: Rafael Amâncio. Realização: Colégio Criativo (Caruaru).

A Sociedade dos Globs – 18h30
Texto e direção: Edinaldo Ribeiro. Realização: Grupo de Teatro Decisão e Colégio Decisão (Recife).

A Ostra – 20h30
Texto: Luiz de Lima Navarro. Direção: Edinaldo Ribeiro. Realização: Grupo de Teatro Decisão e Colégio Decisão (Recife).

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Tarantino Indica.

O cineasta Quentin Tarantino volta às telas neste fim de semana com "Bastardos inglórios" , em que se adota a Segunda Guerra Mundial como cenário pela primeira vez. Mas o diretor afirma que sua principal inspiração para fazer o filme, que estreia nos EUA neste fim de semana, está na história do cinema.
Assim, Tarantino aplica seus profundos conhecimentos de cinéfilo para apontar seus cinco filmes favoritos ambientados na Segunda Guerra. Não necessariamente um "top 5", sua lista mistura filmes de guerra famosos e elogiados com dramas tão obscuros, quem nem o próprio Tarantino conhecia até começar sua pesquisa para "Bastardos".

Confira abaixo a lista dos melhores filmes de Segunda Guerra por Quentin Tarantino.



'Fugindo do inferno' (1963)
Tem uma história de Segunda Guerra mais bacana do que a desse épico de John Sturges? O filme mostra uma fuga em massa de um campo de concentração nazista e traz um elenco com Steve McQueen, James Garner, Richard Attenborough, James Coburn, Charles Bronson e Donald Pleasence.
"É provavelmente meu favorito entre os filmes de guerra", diz Tarantino. "É um dos longas-metragens mais divertidos de todos os tempos e para mim foi uma espécie de referência ao fazer 'Bastardos inglórios', de alguma forma. Queria fazer um filme sobre a Segunda Guerra assim, divertido, gostoso de assistir."



'Os doze condenados' (1967)
A saga de Robert Aldrich é o maior exemplo do subgênero de guerra "um homem, uma missão", que inspirou Tarantino em "Bastardos inglórios". Lee Marvin, Ernest Borgnine, Charles Bronson, Jim Brown, John Cassevetes, Donald Sutherland e Telly Savalas atuam na história de um grupo de perdedores condenados que ganham uma segunda chance ao participar de um esquadrão em missão suicida contra os nazistas.
Tarantino diz que esse filme merece um lugar em sua lista dos "elencos mais icônicos da história". Ele afirma: "Eu nunca a cartilha normal do gênero ou dos subgêneros com que lido. Geralmente é uma situação em que eu sento e penso: vou fazer o meu 'Os doze condenados'. É difícil, mas sei que se tudo der certo, eu vou conseguir propiciar o prazer que eu encontrei nesses gêneros, mas entregando algo bem diferente. Acaba virando uma outra coisa. Eu gosto de transformar a história em algo maior e mais amplo do que um determinado subgênero."



'Cinco covas no Egito' (1943)
Dez anos antes de "Inferno nº17", Billy Wilder dirigiu essa trama de 1943, que gira em torno de um oficial britânico disfarçado (Franchot Tone) e uma mulher (anne Baxter) que ajuda a administrar um hotel no meio do deserto onde fica o quartel- general alemão.
"É um dos meus filmes favoritos, com certeza", diz Tarantino. "Billy Wilder e o co-roteirista Charles Brackett escreveram algo original, já que não segue a história clássica. Eles criaram de um modo próprio. Não é muito verossímil, mas é fantástico."



'Tonight we raid Calais' (1943)
Essa aventura de John Brahms traz no elenco John Sutton como um agente de inteligência britânico que trama destruir uma fábrica de munições nazista na França. Ele consegue abrigo com a família de um fazendeiro (Lee J. Cobb), cuja filha culpa os ingleses pela derrota da França. O roteiro é de Waldo Salt, que depois ganhou o Oscar por "Perdidos na noite" e "Amargo regresso".
"É um dos filmes que descobri quando fazia uma pesquisa para 'Bastardos inglórios'. É um filme fantástico pelo qual me apaixonei", diz Tarantino. "Tem algumas sequências que realmente parecem narrativa moderna. Não têm um clima de narrativa clássica. Waldo Salt é considerado o pai da narrativa moderna, e nós podemos ver isso bem nesse filme. Parece que foi escrito hoje."



'Action in Arabia' (1944)
O diretor russo Leonide Moguy fez alguns filmes em Hollywood durante a Segunda Guerra, incluindo esse suspense estrelado por George Sanders. Ele interpreta um repórter no Oriente Médio que é pego no meio da disputa entre nazistas e aliados pelo mundo árabe.
"Esse é outro filme que eu descobri e me apaixonei", diz Tarantino. "Eu realmente amo esse filme, mas, como dá para perceber, o que me chama a atenção nesses filmes não é a coleção de tanques nem as grandes batalhas. Embora eu goste desse tipo de coisa, sou mais ligado nas versões da guerra centradas na história."
____________________________________________________________________



Aproveito para indicar um curta nacional que tenta desvendar alguns aspectos da mente fértil do Sr. Tarantino.

Tarantino´s Mind
Com: Selton Mello e Seu Jorge
video

domingo, 16 de agosto de 2009

Memorial Chico Science seleciona videoartes para Spa das Artes



A Prefeitura do Recife, através do Memorial Chico Science, está com inscrições abertas para a seleção de vídeoartes para serem exibidas entre os dias 13 e 18 de setembro, durante a programação do Spa das Artes 2009.Serão selecionados seis vídeos e cada um deles terá um dia dedicado para exibição. Não existe limite mínimo de duração da obra, sendo o máximo de tempo correspondente a oito horas, período que o Memorial fica aberto diariamente, das 9h às 17h.Os interessados devem enviar as obras em DVD para o Memorial Chico Science, no Pátio de São Pedro, durante o período de 7 a 9 de setembro de 2009. A seleção não implica prêmio.

SERVIÇO:
Mostra de Vídeoarte Memorial Chico Science, casa 21, Pátio de São Pedro
Inscrições: 7 a 9 de setembro
Seleção: 10 e 11 de setembro
Divulgação dos resultados: 11 de setembro
Mostra: 13 a 18 de setembro
Fonte: PE 360º

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Bar Savoy será reaberto como um espaço cultural




O Bar Savoy, um dos principais redutos da intelectualidade, boemia e cultura no Recife, fechado em 1992, vai reabir as portas. Com este propósito está sendo firmada esta tarde uma parceria entre o Instituto Maximiliano Campos (IMC) e o Grupo Ser Educacional.

A solenidade está marcada para as 16h, no Auditório da Faculdade Maurício de Nassau, nas Graças, com a presença do presidente do IMC, Antônio Campos, e do educador Janguiê Diniz. Na ocasião, serão apresentados detalhes do projeto.

O local, um verdadeiro patrimônio cultural dos pernambucanos será reaberto como um espaço cultural contendo memorial e cafeteria. O Instituto Maximiano Campos adquiriu a marca e o acervo cultural do Savoy, e o Grupo Ser Educacional. A idéia é transformar o bar em um espaço cultural e um ponto turístico obrigatório no Recife, com reabertira programada para 2010.

Quartel-general do poeta Carlos Pena Filho, o Savoy foi imortalizado nos versos de Guia Prático da Cidade do Recife:

Nas mesas do Bar Savoy

O refrão tem sido assim:

são trinta copos de chopp,

são trinta homens sentados,

trezentos desejos presos,

trinta mil sonhos frustrados.

Ah mas se agente pudesse

fazer o que tem vontade

espiar o banho de uma

a outra, amar pela metade

se daquela que é mais linda

quebrar a rija vaidade.

Mas como a gente não pode

fazer o que tem vontade,

o jeito é mudar a vida,

num diabólico festim.

Por isso no Bar Savoy

o refrão é sempre assim:

são trinta copos de chopp,

são trinta homens sentados,

trezentos desejos presos,

trinta mil sonhos frustrados.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Morre, aos 59 anos, o diretor americano John Hughes





Morreu na manhã desta quinta-feira, vítima de uma parada cardíaca, o diretor americano John Hughes. Ele tinha 59 anos, era casado e pai de dois filhos. Estava em Nova York visitando a família.

Hughes se tornou famoso como diretor de filmes voltados para o universo adolescente. Seu primeiro trabalho foi "Gatinhas e gatões" ("Sixteen Candles"), de 1984. São dele os sucessos "O clube dos cinco" ("The breakfest club"), e "Mulher nota 1000" ("Weird Science"), ambos de 1985.

Mas foi com "Curtindo a vida adoidado" ("Ferris Bueller‘s day off"), que o diretor obteve seu maior reconhecimento. O longa de 1986, que retrata as aventuras de três amigos matando aula, é considerado até hoje um retrato dos adolescentes da década.

O filme projetou a carreira de Matthew Broderick. Na pele do sarcástico Ferris Bueller, o ator adolescente protagonizou uma das cenas mais lembradas pela geração que acompanhou as comédias dos anos 80: quando seu personagem invade um desfile a céu aberto e canta o sucesso dos Beatles "Twist and shout" (veja abaixo).

Nos anos 90, como produtor e escritor, foi o responsável pelos sucessos "Esqueceram de mim", "Esqueceram de mim 2", "Bethoven" e "101 Dálmatas".

As homenagens já começaram a surgir na internet. Em seu twitter, a atriz Demi Moore lembrou o diretor. "Um ícone dos filmes dos anos 80. Deu voz a uma geração. Foi embora, mas nunca será esquecido".

Da Agência O Globo

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Essa Sexta é dia de Sexta Sim!


O Ponto de Cultura Coletivo Refazendo apresenta mais uma edição do Sexta Sim, Sexta Não. No dia 07 de agosto Ducinéia Xavier e Ana Cecília Jacome apresentam um show variado de canções nacionais e internacionais, acompanhadas pelos músicos Mufula (violão), Nado Batista (percursão) e Maví Plugiese (saxofone). Silvia Rangel aproveita o tema internacional e lança, no mesmo dia, uma mostra fotográfica sobre a Europa. Desta vez pela primeira vez a poesia vai ter um espaço reservado no Sexta Sim, e o responsável será Marcelo Mário de Melo que apresenta seu trabalho desenvolvido entre palavras e ilustrações. A mostra de curta metragem continua sob a regência de Ju Pinheiro. O “Sexta Sim Sexta Não” é um projeto sócio-cultural idealizado pelo Coletivo Refazendo em parceria com a ADUSEPS, onde sócio-educadores, músicos e artistas em geral se unem visando a disseminação e conscientização dos direitos humanos bem como entretenimento para o público presente durante o evento.

Informações:
Artur Oscar (86789056)
Juliana Pinheiro (86433010)
Juliana Lombardi (87301118)

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Wendelien van Oldenbourg na Fundaj.


No dia 10 de agosto a Coordenação-Geral de Capacitação e Difusão Científico-Cultural – CGCADIF da Diretoria de Cultura da Fundaj receberá a artista holandesa Wendelien van Oldenbourg, produtora do filme Maurits Film que será exibido em sessão extraordinária no Cinema da Fundação, às 19h30.



O filme é uma sequência do seu trabalho anterior intitulado Maurits Script. Ambos focam a sociedade contemporânea com os múltiplos desejos e interesses de diferentes grupos. Em Maurits Script (2006), um script com compilação de fragmentos de textos do século XVII, entre relatórios da Companhia das Índias Ocidentais baseada no Recife é lido em voz alta e discutido por um grupo de cidadãos holandeses. Em Maurits Film um grupo de brasileiros da Recife contemporânea posicionam-se e falam.



A exibição do filme será seguida de um debate aberto ao público com a presença dos participantes do filme. O evento será uma oportunidade para todos os interessados em arte e cultura contemporâneas compreenderem o processo de produção artística no segmento cinematográfico, com o olhar externo em um contexto local.



SERVIÇO:

O que? Exibição do Filme Maurtis Film seguido de debate

Onde? Cinema da Fundação - FUNDAJ/Derby

Dia e Horário? 10/08/2009 (segunda-feira) às 18h30

Informações? (81) 3073-6659/6660 - cgcadif@fundaj.gov.br


Fonte: www.fundaj.gov.br

sexta-feira, 31 de julho de 2009

AGORA EM RECIFE OFICINA DE TV E CINEMA

AGORA EM RECIFE JÁ ESTAMOS FAZENDO AS INSCRIÇÕES.

Oficina de TV e Cinema com o Cineasta,Diretor de Televisão,Teatro e Supervisor Artístico da Academia Nacional de Atores- RJ Wallaceh Meirelles.

São Ex-alunos do cineasta e diretor de televisão, Wallaceh Meirelles, Atores Atuando na TV:

Nívea Stelmann, Fernanda Machado, Pérola Faria, Miguel Romulo, Caroline Figueiredo, Maitê Piragibe, Mateus Rocha, Daniel Àvila, Guilherme Berenguer, Allan Passos, Luka Ribeiro, entre outros.
Investimento R$300,00 à vista ou 2 vezes R$175,00

Inscrições com Telma Rodrigues, dias 03 e 04 de Agosto no Teatro Valdemar de Oliveira, as 16:30h

Fone:(81)8733-368O
Email:telmarodrigues_machado@hotmail.com

SÃO POUQUISSÍMAS VAGAS
LIMITADAS NÃO PERCA ESSA OPORTUNIDADE!!!!!!

quarta-feira, 29 de julho de 2009


Hoje e amanhã acontece na Rua da Moeda, a partir das 18h, a VIII edição do Cine Chinelo NoPE, a mostra de vídeo mais democrática da cidade, onde o objetivo é "desglamourizar" o cinema. É so chegar com o seu vídeo lá que a galera bota pra rodar!
Depois da exibição de hoje tem o show de CINVAL Coco grude e amanhã show da Banda Chambaril. Vale a pena chegar por lá.

video

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Biagio Pecorelli - A chegada do Lunático a Terra de Ninguém. ( In Margens nº 1 - Lunatic)


No último dia 22, algo, no mínimo, inusitado chamou a atenção das pessoas que transitavam pelas ruas do centro do Recife. Para quem não sabe no dia 22 de julho de 1969 o homem pisava na lua pela primeira vez (segundo os americanos) e para “comemorar” este feito o nosso digníssimo artista multimídia Biagio Pecorelli decidiu por em prática sua performance intitulada” In Margens nº 1 – Lunatic”. A idéia de Biagio era fazer justamente o caminho inverso dos americanos, no caso, representando um habitante da Lua pisando na terra pela primeira vez.
Com efeito, a jornada lunática na terra aconteceu. Biagio caminhou a passos lentos da Av. Guararapes até o Marco Zero, onde pegou um barco e seguiu para um banco de areia na bacia do Pina para fincar uma bandeira Lunar em solo Recifense. O 4º Ciclo registrou em Vídeo todo o processo de composição da performance, a visita técnica à bacia do Pina, os testes da roupa de astronauta, a confecção da bandeira lunar no atelier do artista plástico Sérgio Autenkirch e todo o caminho feito por Biagio. O registro virará um vídeo experimental produzido pela produtora associada ao 4º Ciclo, Sete Filmes. O Vídeo, que está em fase de pós – produção, contará também com as imagens feitas pelo cineasta Oscar malta e as fotografias de Deborah Guaraná e será editado por Alex Guterres com a ajuda do próprio Biagio.
Mesmo para quem viu a notícia na TV ou nos principais jornais da cidade (É a imprensa tava Lá!) não pode deixar de assistir o vídeo, pois o “Gran Finale” da performance só foi captado por nossas câmeras!
Em breve divulgaremos a data e o local do lançamento. Por enquanto vocês podem ver um pouco do making off que os jornalistas do Diário de Pernambuco fizeram durante a execução da performace.

video